domingo, 8 de janeiro de 2012

Ferra do Añojo


A ferra, é um método de identificação animal, muito utilizado nas ganadarias bravas. Esta forma de identificação baseia-se numa queimadura no corpo do animal, que permanece no mesmo ao longo de toda a sua vida. É uma forma relativamente fácil de identificar os animais no campo, bem como a ganadaria nos espectáculos taurinos.

De modo geral, coloca-se o ferro da propriedade, associação de criadores, número do animal e o algarismo referente ao ano de nascimento. A maioria das ganadarias ferra no lado direito do animal, no entanto, algumas ferram do lado esquerdo, habitual em ganadarias mexicanas e também na de Baltasar Iban em Espanha.

A ferra, também pode servir para a ganadaria desenvolver códigos de informação e identificação interna, através da diferente posição ou orientação que toma o ferro da casa. Exemplo disso, são as famosas ganadarias de Miura e de Veragua, esta ultima, extinta nos inícios do século XX.

Depois deste apontamento, sobre a ferra, resta abordar a foto em si, um añojo (bezerro) de Rego Botelho, fechado no caixão de ferra para ser ferrado. O maneio com a manada, o espaço reduzido onde é encerrado, a proximidade com mais pessoas do que o normal, saem do que é habito do quotidiano deste animal, espelhando-se no seu olhar o stress que o envolve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário